franchising e franchisador

Como conseguir uma boa relação entre franchisado e franchisador

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A relação entre um franchisador e os seus franchisados é uma das mais únicas que existe. Apesar da relação estar estabelecida por contrato, na realidade acaba por ser muito mais complexa do que aquilo que está escrito.

De acordo com a revista elitefranchise, “uma metáfora apropriada para definir a relação entre um franchisador e um franchisado é a relação entre um mentor e um estudante”. O franchisador deve oferecer orientação contínua, ajuda e apoio na construção do negócio do franchisado. O franchisado, por outro lado, deve manter-se aberto a aconselhamento, a aprendizagem e deve ouvir o franchisador.

Na melhor das situações, esta relação deve beneficiar os dois lados, mas conseguir isso nem sempre é fácil. Annabel Jones, Diretora da Recursos Humanos na ADP UK, refere à revista que existe, no entanto, alguns passos que podem facilitar esta relação.

Criar uma cultura comum

Segundo a especialista, em primeiro lugar, deve existir uma cultura comum entre os franchisados e o franchisador. Um conjunto de valores e normas éticas partilhadas pode servir de base para a relação e promover a confiança e o respeito.

“O franchisado deve ser capaz de adotar a cultura do negócio, de ajudar os seus colaboradores a identificarem-se com ela e estar disposto a defendê-la. Isto garante que o seu investimento na marca é sincero e poderá ser duradouro”, refere.

O franchisador, por outro lado, pode implementar um conjunto de passos para ajudar a construir esse ‘entusiasmo’. O franchisador deve efetivamente transmitir a narrativa da marca, o que ajudará a construir uma identidade e pode ser a chave para conseguir clientes.

Neste aspeto, a comunicação interna e a formação desempenham um papel fundamental na construção da cultura da empresa. Aqui, podem ser usadas estratégias como vídeos motivacionais ou testemunhos de outros franchisados que conseguir obter sucesso devido ao modelo de negócio.

Adotar uma comunicação eficaz

A capacidade de comunicar de forma eficaz é fundamental para construir uma boa relação entre franchisados e franchisador. Segundo a especialista, uma má comunicação é a raiz da maioria dos problemas no mundo dos negócios.

A comunicação deve ser sempre uma ‘rua com dois sentidos’ e assim como o franchisado deve ouvir o franchisador, o franchisador também deve ter a capacidade de ouvir e entender as necessidades que sente o franchisado.

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão subscreva a nossa newsletter aqui

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.