negócios de restauração censos do franchising

Negócios de restauração são os que mais crescem

Negócios de restauração são os que mais crescem.
Os Serviços mantêm-se como o setor predominante no panorama do Franchising em Portugal, correspondendo a 58,8% das marcas. Os dados constam do 21.º Censo do Franchising em Portugal (da responsabilidade do IIF – Instituto de Informação em Franchising e que este ano contou com a colaboração do ISCTE).

Nesta área, os Serviços para Particulares mantêm a liderança com 42,6% e os Serviços para Empresas ou Mistos são representados por 16,2% das marcas. Embora com uma ligeira descida face ao ano anterior, em 2015 mais de metade das marcas de Franchising situam-se neste setor.

Ao nível setorial, é de realçar também o crescimento de 2,8% dos conceitos de Restauração face a 2014, revelando uma evolução positiva, sendo este o setor que mais cresceu no último ano, situando-se agora nos 12% do total dos conceitos de negócio em Franchising. Considerando as marcas que surgiram no mercado, nota-se uma nova dinâmica neste setor, que deverá continuar nos próximos anos.

Em contrapartida, o setor do Comércio diminuiu 2,1% comparativamente ao ano anterior, correspondendo a 29,2% das marcas presentes no mercado nacional. Apesar de diminuição em termos de número de marcas, este setor apresentou um grande dinamismo ao nível do crescimento do número de unidades, nomeadamente por parte do retalho alimentar, que se afirmam como redes de grande dimensão.