Vencedores dos Prémios de Franchising 2012 são…

Este ano foram introduzidas algumas novidades e alterações nos critérios de atribuição dos Prémios de Franchising. O prémio que distingue as melhores empresas no apoio à rede dividiu-se em dois rankings Top 3, nos quais se distinguiram empresas até 50 unidades – TOP 3 L – e para empresas com mais de 50 unidades em operação foi criado o TOP 3 XL. Entre as 42 candidaturas apresentadas por 25 empresas, que representam um universo de 1 370 unidades de negócio, os Prémios de Franchising identificaram as melhores marcas que melhor apoio prestaram em 2011 à sua rede de franchisados.

Assim na categoria TOP 3 L, ranking das empresas que têm até 50 unidades em funcionamento, os dois primeiros lugares foram atribuídos a marcas da área de clínicas de estética e saúde, de origem nacional. O vencedor desta edição foi o grupo que lidera as marcas BodyConcept (1.º lugar) e Depilconcept (2.º lugar). A terceira posição ficou nas mãos do grupo Onebiz através da Fiducial, uma rede especializada em apoio à gestão e serviços de contabilidade. 

No TOP 3 XL, categoria que distingue as marcas com mais de 50 unidades em operação, o ranking foi completamente dominado por marcas de origem norte americana. O primeiro lugar foi ganho pela histórica McDonald’s, seguida pela Century 21 que conquistou o segundo lugar, e que colocou no terceiro lugar a sua concorrente Re/Max, empresa que lidera a medição imobiliária em Portugal com 221 agências em todo o país.

As marcas finalistas do Top 3 XL e 3L foram selecionadas com base num inquérito de satisfação aos franchisados realizado pela EIC. Na segunda fase os finalistas tiveram um encontro com um júri composto por Cristina Matos (APF), Carla Dias (Visão Integrada), Paulo Lopes Porto (IPAM/FA) e Sérgio Santos (Business Care by Dolce Vita).

Inovação

O prémio Inovação pretende identificar, premiar e distinguir produtos ou serviços inovadores, desenvolvidos por franchisadores, masters ou rede afiliadas a operar no mercado nacional. A marca distinguida com o prémio Inovação 2012 foi a Melom, empresa de origem nacional, que actua na área de remodelação, reabilitação e obras para renovação de imóveis. Os pontos fortes considerados pelo júri para a atribuição deste prémio tiveram por base a inovação no serviço e os resultados obtidos pela empresa em 2011.

A capacidade de criar uma oferta integrada de um conjunto de serviços competitivos, num dos sectores mais afectados pela actual conjuntura económica, valeram à Melom o reconhecimento das vantagens deste conceito de operação, que ao aglutinar áreas complementares de especialização da cadeia de valor da construção e remodelação de imoveis lhes permitiu atingir resultados muito positivos e demonstrar como se pode transformar a crise numa oportunidade de negócio. Os critérios de seleção deste prémio de inovação foram avaliados por um júri constituído por Marco Lamas (Incubit), Marta Miraldes (SBI Consulting), João Vasconcelos (Startup Lisboa) e Luís Mira (INOVISA).

Internet

Na categoria de Melhor Estratégia de Internet o prémio foi entregue à marca portuguesa  DzCount, marca do universo Onebiz, que opera no setor de compras coletivas. O júri deste prémio, constituído por Alexandre Nilo da Fonseca (ACEPI), Pedro Loboa (Innovangency), Pedro Caramez (LinkedPortugal) e António Miguel Ferreira (Claranet) considerou que esta candidatura apresentou como pontos fortes a dinamização do conceito de negócio e valorizou a eficácia da estratégia da empresa, ao nível das redes sociais.

Responsabilidade Social

Na área da Responsabilidade Social, a espanhola MRW, do setor dos transportes urgentes, conquistou a preferência do júri constituído por Eurico Sousa (BCSD), Conceição Zagalo (GRACE), Celina GIL (RSO-Rede Nacional de Responsabilidade Social) e Ivo Augusto (Ecoprogresso) pela solidez da sua estratégia de sustentabilidade, marcada pelo mapeamento e envolvimento dos vários stakeholders na atividade da empresa, bem como pela divulgação das boas práticas e dos beneficiários diretos das suas ações de responsabilidade social.

O júri valorizou a descrição do projeto, o objetivo traçado no âmbito das boas práticas a desenvolver em termos de responsabilidade social, o envolvimento das partes interessadas, internas e externas, a inovação do projeto, o número de beneficiários, o resultado e impacto da implementação das ações e a sustentabilidade do projeto de responsabilidade social.

Start-Up

Tendo em conta a atual conjuntura económica nacional e em linha como compromisso para o incentivo ao empreendedorismo, o Prémio de Franchising  na categoria Start Up, que visa fomentar a criação de novas empresas e as atitudes empreendedoras,  foi atribuído à  empresa  portuguesa Market Sales, que opera na área de consultoria e outsourcing comercial. O júri composto por Rui Ferreira (ISCTE/AUDAX), João Correia (UpsKils), Paulo Morais (Marketing Portugal) e Rocha Alves (EUDEM) avaliou a viabilidade operacional e de expansão em rede, o potencial do mercado e as perspetivas de internacionalização da marca.

Isa Amaral, diretora da revista Negócios & Franchising, comenta: “estamos muito satisfeitos com a adesão das marcas a mais uma edição dos Prémios de Franchising, o evento anual em que as empresas em modelo de franchising veem distinguidas as suas boas práticas nas operações das redes e os seus projetos, em várias áreas de atuação. Este ano foram introduzidas algumas novidades e alterações ao regulamento. O prémio que distingue as melhores empresas no apoio à rede dividiu-se em dois rankings  Top 3, que passaram a distinguir empresas até 50 unidades e empresas com mais de 50 lojas. No Top 3XL continua a batalha de titãs das marcas de origem norte americana. No TOP 3L, o ranking das redes até 50 lojas, a disputa trouxe algumas novidades e as empresas com origem nacional foram as grandes vencedoras desta edição”.