e-commerce - Infofranchising

4 dicas para vencer no e-commerce internacional

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Existem cada vez mais retalhistas a quererem vingar no mercado internacional e a considerarem a expansão dos seus negócios noutros países através do e-commerce. Mas de acordo com o site MyCustomer, à medida que estes retalhistas se focam no seu crescimento, perdem vista dos pontos fundamentais nos quais se devem focar para conquistar consumidores noutros países.

De acordo com Tobias Schreyer, COO do The PPRO Group, “para atrair consumidores internacionais, os retalhistas devem concentrar os seus esforços em garantir que os elementos dos seus sites são simples, claros e personalizados para o mercado em questão.”

Segundo o especialista, existem quatro dicas básicas que devem ser seguidas e que podem ajudar qualquer retalhista ser bem-sucedido na implementação de uma loja online a nível internacional.

1 – Os retalhistas online devem perceber que “a estética não é tudo”. De acordo com Schreyer, “muitos retalhistas focam-se em garantir que a sua loja online é atrativa e fácil de usar, mas é fácil esquecer o quão é importante a página de pagamento, especialmente quando se gasta grande parte do orçamento em atrair clientes para a loja online.”

2 – Qualquer estratégia de e-commerce deve contemplar a funcionalidade do site que se está a criar. “Se um cliente passa por todo o processo de se familiarizar com o site, de escolher um produto e de completar uma compra para depois descobrir que o método de pagamento que quer usar não é uma opção naquele site, o mais provável é que abandone o site e nunca mais volte”, refere o especialista.

3- “Considerar a cultura de pagamento”, isto é, na implementação de uma loja online noutro país, os retalhistas devem lembrar-se que as culturas de pagamentos diferem entre países. “O processo de pagamento precisa de ser específico para cada mercado, assim como a língua também o é. No entanto, muitos retalhistas adotam uma estratégia de pagamento que apenas facilita o consumidor doméstico e não o mercado internacional que querem atrair.”

4- “Terminar em grande”. Fazer o seu site destacar-se e diferenciar-se de todos os outros pode ser a chave para vencer. “Os consumidores esperam personalização e ofertas que tenham interesse para eles e que estejam imediatamente disponíveis. As lojas online devem garantir que qualquer potencial barreira à satisfação do cliente deve ser eliminada.”

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão subscreva a nossa newsletter aqui

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.