A sua empresa não tem financiamento? Empresário diz que isso pode ser bom

Existem milhares de potenciais empresários à espera de financiamento para darem arranque às suas startups. Mas o dinheiro não é tudo, pelo menos é o que diz o fundador de uma startup norte-americana que já esteve nessa situação, Jean Derely.

De acordo com a Co.Labs, Derely, cofundador da empresa de software de marketing online WooRank, diz que ele e a sua equipa cometeram um erro ao procurarem financiamento demasiado cedo. Não conseguiam encontrar nenhum investidor interessado, o que acabou por ser uma vantagem: a frugalidade forçada ensinou-os a conseguir o melhor com os poucos fundos que tinham, ensinou-os a planear melhor e a não contratar pessoal em excesso.

Mas nem todos os empreendedores concordam com Jean Derely. Kevin Ready, que colabora frequentemente para a Forbes, defende que por uma questão de segurança, os novos empresários devem tentar conseguir financiamento o mais cedo possível porque isso garante uma ajuda extra e orçamentos maiores no arranque da empresa e menos riscos pessoais.

“Agora, mais do que nunca, as startups podem iniciar o seu negócio sem financiamento de um investidor. Mas ter um investidor pode ser a diferença que faz a diferença”, refere Ready.

Neil Kane, da TechCoktail, partilha esta opinião e garante que é importante conseguir o máximo de financiamento possível logo no início. “O desafio de angariar dinheiro para fazer com que a empresa arranque é frustrante, no entanto, não é nada comparado com a angústia eterna de ter que conseguir dinheiro em stresse depois de já ter uma empresa em atividade e inúmeros outros investidores, clientes e funcionários”.