empresas franchising

Abriram menos empresas nos primeiros oito meses do ano

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

As conclusões são do mais recente estudo da Informa D&B: nos primeiros oito meses de 2016, o número de novas empresas sofreu uma quebra, assim como o número de insolvências e de encerramentos.

De acordo com os números divulgados pelo barómetro, até agosto deste ano foram criadas 25498 novas organizações, uma quebra de 3,7% face ao período homólogo. No que diz respeito a encerramentos, nos primeiros oito meses deste ano o número atingiu as 8769 empresas, menos 1% do que em igual período de 2015. Para além disso, no período em análise iniciaram-se 2308 processos de insolvência, menos 22% do que no ano passado.

Se olharmos apenas para agosto deste ano, foram criadas 2477 novas empresas, mais 5,9% do que em 2015, foram encerradas 817, menos 7,5% em relação ao ano passado, e 179 deram entrada com o processo de insolvência, uma quebra de 9,6%.

Os setores que viram mais nascimentos de novas empresas foram o dos serviços, com um total de 8153 novas constituições nos primeiros oito meses do ano, do retalho, com um total de 3621 novas empresas, e o de alojamento e restauração, com mais 3139 empresas.

Já nos encerramentos, os setores que lideraram foram igualmente o dos serviços, com um total de 2165 empresas fechadas, do retalho, com 1636, e o da construção, com 1010 encerramentos.

O estudo refere ainda que os setores com maior rácio de nascimentos/encerramentos nos últimos 12 meses foram o da agricultura, pecuária, pesca e caça, onde se verificou a criação de 4,5 novas empresas por cada encerramento.

Por região, nos últimos 12 meses, Lisboa foi o distrito com maior número de nascimentos de empresas, com um total de 7955 constituições, e com o maior número de encerramentos, com 2574.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.