Alive Nails e Body, uma nova oportunidade da beleza

/images/textoimagens/fullsize/4032.jpg A marca do grupo GL Nails aposta num conceito integrado de serviços e produtos de nail art e estética para maximizar a rentabilidade do franchisado. A Alive Nails & Body, que dá formação especializada aos franchisados, quer abrir mais de dez unidades este ano nos principais centros urbanos.

 

O diretor de marketing da marca explica-nos que "a política Alive é ter no mercado serviços e produtos revolucionários a preços para todos, num espaço requintado e com design único. Assim o franchisado terá uma mais-valia significativa para o sucesso do negócio. Somos uma marca destinada a ser diferente para quem gosta de ser diferente…"

Rui Silva adianta que "Alive é sinónimo de criatividade e irreverência na forma de abordar o conceito de estética de unhas e corpo".

O grupo GL Nails tem várias lojas associadas e no franchising Alive está a criar as primeiras lojas, "prevendo assinar contrato com três franchisados até final de 2011, que depois abrirão em janeiro /fevereiro". Em 2012 a marca espera abrir acima de dez lojas nos principais centros urbanos do país.

Os franchisados Alive Nails & Body deverão ser empreendedores e com boa capacidade de gestão organizacional e humana, mas não necessitam de ter experiência na área da estética, uma vez que o franchisador dá formação especializada na sua academia de formação.

 O diretor de marketing especifica que "a Alive dá apoio contínuo durante a vigência do contrato, formação especializada para franchisado e funcionários, apoio inicial na abertura de loja (campanha de marketing), formações na loja aquando de lançamento de novos produtos, etc.".

O investimento inicial inclui decoração, mobiliário e publicidade da loja; computador portátil, com software de gestão específico para lojas de estética e impressora de talões/recibos; televisão LCD; conjuntos de fardamento Alive; projeto de arquitetura; formação para gerente e funcionárias; #pack# de economato; #stock# inicial para arranque de atividade e acompanhamento na política de marketing e comunicação da loja (campanhas publicitárias, política de fidelização clientes, packs promocionais, etc.).

A Alive Nails & Body espera que o break even point seja "atingido num prazo estimado de sete a oito meses e o retorno do investimento em cerca de 12 meses", afirma Rui Silva.

O responsável admite que "o mercado da estética é um mercado bastante concorrencial" mas defende que "tal como nos outros setores de atividade, os melhores permanecerão e assim far-se-á uma seleção natural das marcas de qualidade".EMÍLIA FREIRE