Brasileiro cria franchising de restaurantes móveis de fast food

Um brasileiro criou uma marca de franchising de restaurantes móveis de fast food. A Salgado Mania foi ideia de Gustavo Ely Chehara, que aos 32 anos decidiu adaptar carros e transformá-los em locais de refeição.

Apesar de ter sido criada com o objetivo de ser móvel, a primeira unidade da marca acabou por se instalar na forma de um quiosque num centro comercial. Em outubro de 2013 foi então aberta a segunda unidade, desta vez numa carrinha que se pode movimentar.

Atualmente, a empresa conta já com duas unidades próprias e duas em regime de franchising que oferecem 32 tipos de salgados, sanduíches, batatas fritas, doces e bebidas. A vantagem apontada pelo fundador da empresa é que “podemos ir até onde estão os clientes”.

Para além dos veículos e dos quiosques, a Salgado Mania dispõe ainda de um formato de unidade chamado de “box” que não funciona sobre rodas mas que tem uma configuração que permite o fácil transporte de um local para outro. “A loja box pode ser levada para cima de um camião em quatro minutos”, refere Gustavo Ely Chehara.

O custo de implementação de uma unidade da Salgado Mania é de, no mínimo, 69 mil reais (cerca de 21 mil euros) no formato box, de 89 mil reais (cerca de 27 000 euros) nas carrinhas móveis e de 149 mil reais (cerca de 45 000 euros) no formato de quiosque.