Estética Star, fideliza clientes com qualidade

/images/textoimagens/fullsize/3244.JPG  "Atendimento personalizado" e "qualidade". Para os responsáveis da Estética Star estas são as características chave que devem orientar um negócio no sector da estética. E são os valores que pretendem fazer passar na expansão deste conceito em funcionamento desde janeiro.

 

Já tinham a experiência de franchisados, numa outra marca, e um gosto inerente pela estética. Estavam reunidos dois dos principais ingredientes para a criação deste negócio no sector da estética. A Estética Star despertaria assim, como conceito em franchising, em janeiro de 2011, com a unidade própria em Águeda. O franchising surgiria logo depois, com a primeira unidade franchisada já a operar em Castelo Branco. Para breve deverão ter também em funcionamento a loja em Montemor-o-Velho. E, nesta fase, todo o País apresenta potencial para instalação de unidades.

Dentro dos espaços da marca prestam-se os mais variados serviços e tratamentos na área da estética. Desde a estética facial, à corporal, à fotodepilação, à manicure, pedicure e maquilhagem, a panóplia de oferta é diversificada. Um aspecto importante num sector pautado por alguns desafios, reconhece a diretora comercial da rede. O maior, salienta, será a "fidelização dos clientes". "As pessoas cada vez mais se preocupam com a imagem, com a aparência e procuram experimentar de tudo para se sentirem bem e bonitas. Mas há que prestar realmente um atendimento personalizado e de qualidade para que o cliente regresse ao espaço", acrescenta Teresa Nogueira.

 

Aposta no diálogo

Para vingar no mercado e crescer de forma sólida em franchising, a fórmula terá de passar pelo diálogo constante com os franchisados, aliado a uma adaptação do conceito a cada localização. "Não podemos praticar preços no interior do País iguais aos que se praticam nas grandes cidades", exemplifica a responsável da marca. É uma adaptação que se conjuga com a liberdade dada ao franchisado na "escolha e negociação de alguns aspectos que poderão favorecer o negócio localmente".

O investimento inicial realizado pelo parceiro de negócio da Estética Star inclui a concessão da marca, os direitos de entrada e a loja "chave-na-mão". Esta deverá ter cerca de 50 m2 e situar-se num local com movimento comercial.

O retorno do investimento está previsto para um período de 12 meses. O apoio ao franchisado é assegurado ao nível da publicidade, da divulgação dos serviços, da formação e da transferência de conhecimento da empresa ao franchisado.

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão, subscreva a nossa newsletter aqui