Inditex não vai transferir aumento do IVA para os consumidores espanhóis

Depois do anúncio do Governo espanhol de aumentar o IVA de 18 para 21%, o grupo têxtil Inditex, que detém a Zara, indicou que não vai aplicar essa subida de três pontos percentuais.

Em comunicado, a empresa explica que vai absorver o impacto em todas as suas quase 2000 lojas, das várias marcas que detém em Espanha.

Com esta decisão a Inditex pretende “manter a sua política de estabilidade em preços”, pela qual já tinha absorvido, em julho de 2010, o aumento de dois pontos do IVA, adotando “medidas de identificação de eficiências em várias áreas de atividade”.