IPAM cria gabinete gratuito para apoiar empreendedores em Aveiro

/images/textoimagens/fullsize/3710.jpg O IPAM – The Marketing School Aveiro acaba de criar uma estrutura que pretende ajudar os empreendedores da região a tomar uma decisão acertada no momento de avançar para a criação do novo negócio: o BIZness Preview. Trata-se de um gabinete que nasce no âmbito do projeto ‘Aveiro Empreendedor' com o propósito de identificar o risco associado à criação de novos negócios.

 

Serão realizadas sessões de acompanhamento individual, para que os futuros empreendedores possam validar as suas ideias junto de docentes da escola e empresários da região, que por sua vez, vão estimular, alertar ou desincentivar a implementação dos projetos em carteira.

O objetivo é que 80% das empresas criadas em Aveiro, nos próximos 24 meses, através do incentivo do BIZness Preview, consiga resistir às adversidades decorrentes da atual conjuntura económica naquela que é uma das regiões do país mais afetadas pelo desemprego. Atualmente, em Portugal, a taxa de sobrevivência das empresas ao fim de um ano situa-se nos 73%, um número abaixo da média dos restantes países da OCDE, que ronda os 80%. Quase metade das novas sociedades (54%) não chega a superar a barreira dos dois primeiros anos de atividade, refere o IPAM em comunicado.

Potencial do negócio testado em 25 dias úteis

Inicialmente o BIZness Preview vai conhecer o talento dos potenciais empreendedores para liderar o projeto que propõem implementar. Numa segunda fase, o júri centra as atenções no potencial do negócio. Se se revelar interessante, são efetuadas sugestões para melhorar ainda mais o projeto e apresentadas algumas soluções para o seu financiamento. No caso de o negócio não passar na reunião dos especialistas, é redigido um documento resumindo todos os handicaps para que o empreendedor possa proceder à respetiva otimização. Desde o primeiro contacto até à entrega do dossier de orientação (última reunião), o processo não demorará mais do que 25 dias úteis.

Caetano Alves, presidente das Talent Universities New Leaders e responsável pelo BIZness Preview, considera que "é tempo de as ideias de negócio e as condições dos promotores serem postas em causa por todas as vertentes, de modo a que o promotor tenha uma real noção dos perigos inerentes à constituição de uma sociedade num ciclo económico muito complexo. Acreditamos que em 2012, apoiaremos mais de 200 promotores a validar a sua ideia, criar propostas de valor e, se for o caso, lançar no mercado projetos estáveis, reduzindo a taxa de insucesso que hoje assola a maior parte dos novos empreendimentos", perspetiva o responsável.