2135-pessoaaempurrarcarrinho620distribuicaohoje

Portugueses são os europeus que mais negoceiam preços desde a crise

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Cerca de 77% dos consumidores portugueses afirmam negociar mais os preços do que há cinco anos, uma percentagem significativamente acima da média europeia (59%). Esta é a principal conclusão doObservador Cetelem do Consumo, que revela ainda que por outro lado são também os consumidores portugueses os menos propensos a fazer compras inteligentes, tais como a caça às promoções, as compras de ocasião ou o low cost.

Segundo o estudo, para além dos preços, os consumidores estão também mais atentos à qualidade e ao impacto das suas compras. Os portugueses estão entre os europeus que, desde a crise, mais atenção dão à origem e composição dos produtos: cerca de 73% contra uma média europeia que ronda os 67%. À frente de Portugal está apenas a Roménia (86%), a Itália (83%) e a República Checa (75%), onde a percentagem de inquiridos interessados em conhecer a origem dos produtos é ligeiramente superior.

“Verifica-se ainda que a preocupação com a proteção do meio ambiente é cada vez mais visível, nomeadamente no consumo e no próprio momento de compra. Cerca de 68% dos portugueses dizem dar mais atenção ao impacto ambiental dos produtos do que há cinco anos atrás, uma percentagem acima da média europeia que se situa nos 60%. Assim, Portugal encontra-se no top três de países mais preocupados com o impacto das compras no ambiente, logo a seguir à Itália (73%) e à Hungria (69%)”, indica os dados.

A mais recente edição do Barómetro Europeu revela ainda que a maioria dos portugueses (91%) confessa fazer mais compras importantes hoje do que há cinco anos. Portugal é aliás o país onde essa percentagem é maior: no resto da Europa, a média de consumidores a afirmar ter aumentado o número de compras importantes é de apenas 64%.

“Passados cinco anos desde o início da crise, nota-se uma grande evolução nas práticas de consumo dos europeus especialmente nas dos portugueses. Hoje, os consumidores estão mais atentos ao preço, o que traduz a predominância da problemática das questões orçamentais. Mas além do preço, os portugueses estão também cada vez mais preocupados com a origem dos produtos e o impacto dos mesmos no ambiente, o que revela a adoção de um comportamento de compra mais responsável”, explica Diogo Lopes Pereira, diretor de marketing do Cetelem.  

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.