Roscoking adoça Lisboa

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A empresa líder de venda de donuts em Espanha chegou a Lisboa. A Roscoking trouxe os mais tradicionais, mas na mala trouxe também donuts berlinas e americanos. O difícil é mesmo escolher.

Depois de entrar, o mais natural é ficar parado, extasiado, a olhar para a vitrina. De cima a baixo, linhas infinitas de cores que nos parecem mais que deliciosas perfilam-se, de forma perfeita, de modo a dar cor e atenção a todos os bolos da Roscoking. Bolos? Mais que isso: estamos a falar de donuts.

Mas esqueça as argolas de massa frita com açúcar por cima; aqui, a simplicidade não faz parte. Primeiro, saiba que os comuns donuts são apenas um dos três tipos de bolos. Para além das Rosquilhas, existe também os Americanos e finalmente as Berlinas. E sempre coloridos, claro. O que sai mais, diretamente da montra para o estômago de quem lá passa é o americano Valentino, com chocolate branco por dentro e cobertura de morango por fora.

São 37 variedades as que a Roscoking trouxe na bagagem. Com sede em Madrid, a empresa que começou a esburacar bolos em 2002, abriu em novembro em plena Baixa lisboeta. A primeira loja em Espanha abriu em Valladolid, mas atualmente contam já que 14 lojas no ativo e uma incursão internacional em Lisboa.

Depois de uma análise e a constatação que a pastelaria americana não tinha representante em Portugal, a Roscoking assentou então arraiais por cá. “Quando foi pensada a abertura da loja em Lisboa, a nossa prioridade foi estarmos presentes num local com bastante movimentação de pessoas”, responde Ruben da Costa, responsável pela comunicação. A segunda loja já tem estratégia delineada e deverá abrir este ano, mas a localização ainda não é conhecida. Certo é que a marca também pretende expandir para Centros Comerciais, à semelhança do que acontece em Espanha.

A loja em Lisboa tem quase 150 m2 e lugar para sentar mais de 40 pessoas, mas ainda assim o takeaway é a modalidade mais requisitada. As caixas que levam no mínimo seis donuts são a desculpa ideal para quem diz levar para a mãe, a irmã e o periquito, para depois experimentarem todos sozinhos.

Mas não é só de donuts que é feita a loja do número 22 da Rua de São Nicolau. A Roscoking tem um menu que inclui sopas, massas, pizas, waffles, brownies e gelados artesanais. As bebidas, quentes ou frias, incluem smothies – os mais vendidos – chás e derivados de cafés. E como toda a gente devia ter a oportunidade de largar o Homer Simpson que há em si (e sim, há um donuts igual), a Roscoking equipou toda a loja de modo a que as cadeiras de rodas se movimentem livremente, seja nos acessos ou nos tabuleiros mais baixos.

Depois de um investimento de 250 mil euros, a Roscoking prevê uma faturação de 150 mil euros no primeiro ano e Ruben da Costa diz que o balanço após umas semanas da abertura “não podia ser melhor”. “A aceitação do público tem sido bastante positiva. Alguns referem que trouxemos um cheirinho de Nova Iorque a Lisboa e outros chegaram mesmo a fazer quilómetros para vir provar os nossos Donuts”. “Pelo feedback que recebemos, a única dificuldade que os nossos clientes encontram é escolher”, diz. E isso podemos confirmar.

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão subscreva a nossa newsletter aqui

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.