Entre 16 e 30 de maio, verificou-se uma recuperação da atividade económica, com as compras na rede multibanco a crescerem 37% face ao mesmo período de 2020.

Compras entre 16 e 30 de maio em níveis pré-pandemia

A SIBS divulgou um novo relatório sobre o consumo em Portugal através da rede que gere, dando indicadores positivos relativamente ao comportamento dos consumidores em território nacional.

Segundo esta entidade, entre 16 e 30 de maio, altura que marcou uma nova fase de desconfinamento, verificou-se uma recuperação da atividade económica, com as compras na rede multibanco a crescerem 37% face ao mesmo período de 2020, e 13% face aos valores registados em 2019.

“Considerando apenas as compras físicas, estas registaram um crescimento de 34% face ao período homólogo de 2020, enquanto as online aumentaram 58%. Este crescimento é também visível face ao período homólogo de maio 2019, portanto em pré-pandemia, estando as compras físicas já 6% acima, enquanto as online mais que duplicaram (+106%), demonstrando uma vez mais a resiliência do comércio digital, mesmo em cenário de desconfinamento”, esclarece-se em comunicado.

Se os sinais internos são positivos, com dados encorajadores sobretudo no crescimento das compras online, também no “mesmo período, as compras com cartões estrangeiros registaram um crescimento acelerado, subindo 38% face à primeira quinzena de maio, praticamente duplicando o registado no mês de abril e mais de 3 vezes o valor de 2020 (241%), pese embora ainda não tenha atingido os valores de 2019 (-39%)”.

“Numa análise por setor, a atividade que mais cresceu nas últimas semanas (de 16 a 30 de maio) foi o Alojamento Turístico, registando um incremento de 28% face à quinzena anterior de maio e de 95% (quase duplicando) face ao mês anterior. Em segundo lugar encontra-se a Restauração, com um incremento de 4% face à primeira quinzena e de 37% face ao mesmo período do mês anterior, reforçando a ideia de uma rápida recuperação no setor do Turismo”, acrescenta-se ainda.