A frustração é o segredo para diferenciar a sua empresa, diz Richard Branson

A frustração é o segredo para diferenciar a sua empresa, diz Richard Branson

Os empreendedores são sempre vistos como pessoas ousadas e que arriscam. Mas o que pouca gente sabe é que um dos maiores riscos tomados por Richard Branson, o fundador da Virgin, acabou por se transformar num dos seus maiores falhanços como empresário.

De acordo com a publicação Customer Contact Week Digital, em 1998, Richard Branson conduziu um tanque de guerra alemão na Times Square, em Nova Iorque, por cima de uma pirâmide de latas de Coca-Cola com cerca de três toneladas e disparou sobre um anúncio da marca de refrigerantes. Um golpe publicitário que serviu para mostrar à Coca-Cola e à Pepsi que a sua nova marca – a Virgin Cola – não tinha medo da concorrência e estava pronta para entrar no mercado.

Richard Branson confessa que pouco depois disso, a sua marca começou a desaparecer dos lineares. “O que aprendemos é que se vamos concorrer contra um gigante, o que a Virgin Atlantic tinha feito com a British Airways, temos que ser melhores do que esse gigante”. O empresário diz ainda que algumas das suas melhores decisões e ideias de negócio foram fruto de momentos de frustração.

Segundo Branson, “os negócios que resolvem os problemas dos consumidores são aqueles com maior probabilidade de desafiar a taxa de 90% de falhanço das startups. Não existe razão para começar o seu próprio negócio se não o fizer a partir de um sentimento de frustração”.

O fundador da Virgin diz ainda que existem dois outros fatores que podem ajudar as marcas a diferenciarem-se das duas concorrentes – os seus colaboradores e “as pequenas coisas”. O empresário diz ainda que é importante ouvir todos os colaboradores. “Se um colaborador quiser tirar dois meses de licença, pode fazê-lo. É escusado dizer que trabalhar a partir de casa também é bem visto. As pessoas respeitam isso, fazem o seu trabalho e dão 100% em troca. Simplesmente por tratar as pessoas como adultos, a companhia consegue ter tudo o que quiser da sua equipa”.