empreendedorismo

Governo apresenta nova estratégia para o empreendedorismo nacional

O primeiro-ministro António Costa apresentou esta semana a nova estratégia do Executivo nacional para o empreendedorismo, o programa Startup Portugal, que segue as pisadas da Startup Lisboa, incubadora que nasceu do orçamento participativo da Câmara Municipal de Lisboa em 2011.

De acordo com António Costa, o novo programa surge para “derrubar todas as barreiras que surjam à concretização de ideias”, criando condições para atrair capital, pessoas e talento e um ambiente que permite testar as novas ideias.

O programa Startup Portugal inclui 15 medidas que terão como finalidade ajudar a criar condições para que as boas ideias acabem por se tornar em negócios. Entre as medidas está a criação de uma zona franca tecnológica, uma zona que, “através de legislação e regulamentação” permita que os setores mais inovadores se possam fixar em Portugal e aqui desenvolver os seus negócios, explicou João Vasconcelos, secretário de Estado da Indústria.

Uma das primeiras medidas poderá ser a alteração da legislação para se possa testar em Portugal a circulação de veículos autónomos, ou seja, sem condutor.

Para além destas, o Governo colocará também em marcha linhas de financiamento para capital de risco e business angels, lançará uma rede nacional de incubadoras de empresas e criará bolsas para recém-licenciados que queiram criar a sua própria empresa.

(Visited 38 times, 1 visits today)