Traços de personalidade partilhados pelos empreendedores mais bem-sucedidos do mundo

O que separa um empreendedor bem-sucedido de um empresário medíocre? De acordo com a revista Entrepreneur, as características e a força mental certas para embarcar no percurso do empreendedorismo.

Mas que traços de personalidade específicos possuem os empreendedores mais bem-sucedidos do mundo? Segundo a revista, estão presentes em empresários como Jeff Bezos, criador da Amazon, ou Steve Jobs, aquele que durante muitos anos foi o líder de uma das empresas com mais sucesso de sempre, a Apple.

Não dão importância ao estatuto

Os empreendedores mais bem-sucedidos são aqueles que veem as coisas de forma diferente e que ignoram as regras, o estatuto e aquilo que a sociedade considera ‘normal’. Numa campanha lançada em 1997, a Apple referia que “onde alguns veem loucos, nós vemos génios. Porque as pessoas que são loucas o suficiente para pensar que podem mudar o mundo, são aquelas que o fazem.”

Steve Jobs, fundador da Apple, era conhecido por ignorar os estatutos e as normas, razão pela qual muitos empreendedores se inspiram em si nas suas carreiras. A maioria dos empreendedores mais bem-sucedidos lutam pela liberdade de fazer o que querem e não para que lhes digam como as coisas devem ser feitas.

São grandes pensadores

Para ser bem-sucedido num negócio, os empreendedores devem ser grandes pensadores. Pelo menos é o que defende a Entrepreneur, que explica que estas pessoas são, frequentemente, pessoas que partilham ideias, conhecimento, contactos,  são otimistas, confiantes e gratas e que pensam fora da caixa e não têm medo de arriscar.

Aprendem à medida que vão avançando

Existe muita tentativa-erro na gestão de um negócio. Independentemente do número de graus académicos, cursos ou experiência profissional que possa ter, qualquer empreendedor tem que enfrentar derrotas e isso é parte do percurso e pode ser essencial para o sucesso. Ser capaz de aprender com os erros ajuda na adaptação à mudança.

Vivem uma vida frugal

Jeff Bezos é um dos mais conhecidos por defender esta máxima: ser frugal pode ajudar na inovação e no sucesso. Warren Buffett, um dos homens mais riscos de todo o mundo, é um dos que mais defende e vive uma vida modesta.

No entanto, ser frugal não significa que tem que ser forreta. Significa não ser de imprudente com o dinheiro.

Resolvem problemas

Não comece um negócio só porque que quer iniciar um negócio. Os empreendedores bem-sucedidos iniciam um negócio porque veem um problema e querem resolvê-lo.

 

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão, subscreva a nossa newsletter aqui