Vending machines também já vendem cuecas

Cuecas em vending machines? Já existe

Em Portugal servem de canal para vender produtos tecnológicos, mercearias e, em breve, também medicamentos, mas no Brasil há quem esteja já a utilizar as vending machines para vender roupa interior.

De acordo com a revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios, no Brasil, a tendências das vending machines já ganhou tanta força que estas máquinas comercializam praticamente tudo, desde gelados a…cuecas.

Entre as marcas de roupa interior que estão a apostar nesta estratégia estão gigantes da moda com a Calvin Klein, que em outubro de 2016 colocou uma vending machine de venda de cuecas num festival de música, em São Paulo. Depois desse primeiro teste, a máquina seguiu para um centro comercial da mesma cidade.

“Queríamos que o consumidor tivesse uma experiência divertida e que a marca ganhasse visibilidade. A ideia era explorar o inusitado, o que combina com a marca, que tem um caráter transgressor, de procurar o novo”, explica a diretora de marketing da Calvin Klein Brasil, Silvia Camargho.

Apesar de a experiência não ter resultado em volumes de vendas significativos, a marca considera o modelo um sucesso, pelo menos ao nível do marketing e da comunicação. “Superou as nossas expectativas e ajudou a marca a comunicar-se”, acrescenta a responsável de marketing da marca.

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão, subscreva a nossa newsletter aqui