35% dos franchisados QMAC-O são mulheres

35% dos franchisados QMAC-O são mulheres

No primeiro ano de Querido Mudei a Casa Obras (QMAC –O) foram celebrados 48 contratos de franchising, 17 dos quais foram assinados por mulheres, o que significa que 35% dos franchisados da marca são mulheres, sobretudo ligadas à área da arquitetura e design.

Já no ano passado, e de acordo com os dados disponibilizados pelo simulador de obras Melom, que regista os pedidos de orçamentos no site, concluía-se que 78% dos pedidos tinham sido submetidos por mulheres.

Num ano, os franchisados do Querido Mudei a Casa Obras entregaram 1146 orçamentos e a carteira de obras da marca está calculada em 2 865 milhões de euros, o que representa um valor médio de orçamento de 2500 euros.

No primeiro ano de atividade, a maioria (70%) dos pedidos efetuados à marca foram de remodelação de casas de banho, cozinha e pinturas de interiores.

Neste momento, o Querido Mudei a Casa Obras já está a funcionar em grande parte do território nacional, incluindo ilhas, mas ainda tem alguns distritos por cobrir: Vila Real, Bragança, Guarda, Castelo Branco e Portalegre.

“Até final do ano, queremos ter 100 franchisados para garantir uma boa cobertura do território nacional. Todas as pessoas que trabalham no sector da construção civil, desde canalizadores, a carpinteiros, a pintores, podem tornar-se franchisados e nós damos apoio a nível de marketing e encaminhamos os pedidos de orçamentos através do contact center”, explica Beatriz Rubio, responsável de Marketing do Querido Mudei a Casa Obras.

Em 2014, a Melom e o QMAC-O faturaram 7,3 milhões de euros, o que se traduziu num crescimento de 33% em comparação com o ano anterior. Estes valores referem-se a 2683 obras adjudicadas, mais 11% do que em 2013.

Para mais informações sobre o franchising do Querido Mudei a Casa Obras, consulte a ficha da marca.