Adelinho Cunha I Have The Power

4 perguntas a Adelino Cunha, da I Have The Power

1 – Qual a estratégia de expansão da I Have The Power e a perspetiva de crescimento para 2017?

A nossa expansão passará por identificarmos Consultores que nos representem e que sejam quem nos aproxima do mercado. Queremos chegar a 200 consultores em diferentes países até dez de 2017

2 – Em que é que a marca se distingue no apoio à rede?

Cada Consultor tem acesso a uma equipa de apoio permanente e aos nossos  programas de formação e treino internos e de melhoria contínua.

3- Porque é que um empreendedor deve escolher a vossa marca?

Estamos num sector em tendência, não há restrições territoriais, pode desenvolver a sua atividade junto dos nossos clientes em diferentes países e não tem limites para o que pode ganhar.

Apostar numa marca com 13 anos e numa empresa com 19 anos, com clientes em 26 países, acreditamos que é uma escolha acertada e de futuro para quem quer criar um negócio grande e rentável.

4- Como é que a marca dá as boas-vindas a um novo franchisado?

Toda a equipa fica a saber através das nossas ferramentas internas e do nosso grupo fechado no Facebook da chegada do novo Talento, dando-lhe as boas vindas.

De seguida faz-se o agendamento das primeiras sessões de trabalho para se começar a desenvolver o projeto e em paralelo são ativados os recursos on-line de treino para que o novo Talento aprenda, ao seu ritmo e com a equipa, como desenvolver com sucesso a sua atividade connosco.

A verdadeira receção acontecerá quando ele receber o pin I HAVE THE POWER, exclusivo de Consultores, na Convenção I Have the Power onde o novo Talento irá participar.

Múltiplas e variadas formas de ser acarinhado, ser acompanhado e ser reconhecido.

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão, subscreva a nossa newsletter aqui