5 erros que deve evitar no franchising

5 erros que deve evitar cometer na escolha de uma franquia

Investir numa franquia representa, em muitos casos, uma mudança positiva: passar a ser patrão se si próprio, contar com o apoio de uma rede na gestão do negócio próprio e ter a segurança de uma marca com um conceito já testado no mercado. Mas não se apresse…é que cometer erros básicos na escolha do negócio pode significar que nunca conseguirá levar o negócio a bom porto.

De acordo com a publicação brasileira Pequenas Empresas & Grandes Negócios, estes são os erros mais cometidos por ‘empresários iniciantes’:

  1. Não saber nada sobre o mercado no qual está a investir

Não escolha um negócio num setor sobre o qual não sabe absolutamente nada. É importante que tenha alguma noção do mercado no qual está a entrar e se já tiver uma carteira de clientes, tanto melhor!

Analise o produto ou serviço e o seu potencial, escolha a localização de forma cuidadosa e pense no longo prazo: será que este negócio ainda terá potencial daqui a 10 anos?

  1. Não ouvir as pessoas que já estão integradas na rede

Fale com conhecidos, advogados e outros empreendedores, mas nunca se esqueça que o mais importante é falar com outras pessoas que estão integradas na rede na qual pretende investir. Ninguém conhecerá melhor o negócio do que outros franchisados.

  1. Esquecer-se de que não será totalmente autónomo

Ser patrão de si próprio pode ser a sua principal motivação para investir num negócio, mas se vai apostar no franchising, é importante que não se esqueça que não será totalmente independente. Por outro lado, se escolher uma rede na qual confia, isso não deverá ser um problema, já que o franchisador também tem todo o interesse que o negócio seja bem-sucedido.

  1. Ignorar as regras

Não queira reinventar o sistema. Aprenda tudo o que tem para aprender e siga os programas de formação da marca.

  1. Querer expandir antes da altura certa

Aprenda a gerir o negócio antes de se aventurar na abertura de mais unidades. Foque-se em conseguir que uma unidade seja sustentável antes de começar a pensar noutras oportunidades.

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão, subscreva a nossa newsletter aqui