5 passos que deve dar antes de investir numa franquia ‘low cost’

5 passos que deve dar antes de investir numa franquia ‘low cost’

Abrir um negócio em regime de franchising é uma opção para muitos novos empreendedores, sobretudo para aqueles que temem arriscar na gestão de um negócio próprio ‘sem rede’. Contudo, o elevado investimento necessário para ‘entrar’ em algumas redes de franchising faz com que muitos destes empresários acabem por desistir ou por optar por negócios mais baratos.

A revista Exame Brasil publicou recentemente um conjunto de passos que todos os empreendedores que estão a pensar em investir numa franquia ‘low cost’ devem dar antes de arriscar.

Não decida com base em valores

A escolha de uma marca em detrimento de outra não deve ser feita apenas com base no valor de investimento necessário. De acordo com a revista, é importante que se tomem em conta outro tipo fatores, como o conceito, o acompanhamento dado aos franchisados e a formação.

Não invista todo o seu dinheiro num negócio

Esta dica é importante independentemente do tipo de negócio: não invista tudo o que tem na abertura de uma empresa ou negócio próprio. E de acordo com a publicação, este é um erro cometido sobretudo por quem abre microfranquias, que aposta tudo o que tem porque vê a oportunidade de abrir um negócio a um custo reduzido.

Conheça bem o franchisador

Tente saber todas as informações possíveis sobre o franchisador, sobretudo durante quanto tempo geriu o negócio antes de o transformar num modelo de franchising. Os especialistas ouvidos pela revista revelam que se a data de fundação do negócio e a data do início da franquia são a mesma, existe a possibilidade de o negócio não ter sido testado.

Fale com atuais e antigos franchisados

Uma das melhores formas de perceber de que forma opera uma rede de franquias é falar com os atuais e antigos franchisados: assim pode ficar a saber se estão satisfeitos ou não com a rede e com o apoio prestado. Para além disso, nada melhor do que alguém que já teve que passar pelo processo para oferecer aconselhamento a um novo membro da rede.

Não se esqueça dos seus gostos pessoais

Não serve de nada investir num negócio que é barato, mas pelo qual não sente paixão.  Para além disso, não se esqueça do seu estilo de vida e das cedências que terá que fazer quando iniciar o negócio. “Se vai investir numa franquia num shopping, por exemplo, tem que estar ciente que o negócio funciona de domingo a domingo”, refere a revista.

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão, subscreva a nossa newsletter aqui

(Visited 435 times, 1 visits today)