“A nossa participação na Expofranchise tem como objetivo aumentar o número de centros-auto Roady em Portugal”

“A nossa participação na Expofranchise tem como objetivo aumentar o número de centros-auto Roady em Portugal”

Presente no mercado português há 26 anos, a Roady, do Grupo Os Mosqueteiros, tem um “ambicioso” plano de expansão em marcha para os próximos anos e que passa pela promoção do conceito na próxima Expofranchise. Eduardo Santos, responsável pela insígnia em Portugal, explica ao Infofranchising que os planos da empresa passam por “crescer em volume de negócios e em número de centros-auto”.

Quais os objetivos da participação da marca na Expofranchise e que expetativas têm para a edição deste ano?

Para os centros-auto Roady é muito importante participar no certame e dar a conhecer a rede e a forma de trabalhar da insígnia. Atualmente, os centros-auto têm um peso de 4% no mercado automóvel, pelo que os nossos principais objetivos com esta participação são por um lado a divulgação do conceito da marca e por outro o recrutamento de novos aderentes/empresários. Acreditamos que Portugal tem ainda um potencial de crescimento enorme para a proposta de negócio que apresentamos. Os centros-auto Roady estão abertos sete dias por semana, com uma política transparente de preços, o que se traduz sem dúvida alguma numa mais-valia para o consumidor/condutor. A nossa participação na Expofranchise tem ainda como objetivo aumentar o número de centros-auto Roady em Portugal e para isso é importante selecionar perfis que se identifiquem com a marca e cujas características correspondam ao que procuramos num empresário.

O que é o visitante poderá encontrar quando visitar o vosso stand na Expofranchise?

No nosso stand os visitantes poderão conhecer mais sobre a marca e tirar dúvidas com alguns empresários que fazem parte da nossa rede. Os nossos empresários/aderentes de loja vão estar disponíveis para apresentar as mais-valias e características únicas do negócio.

Os centros-auto Roady agregam duas valências distintas: a loja e a oficina. Na loja é possível encontrar um diverso portefólio de acessórios auto, peças e pneus. A oficina por seu lado disponibiliza um vasto leque de serviços, desde os mais simples, como as revisões, alinhamento, mudança de óleo, até aos mais complexos, como a substituição de amortecedores, travões, correia de distribuição, etc. O facto de a insígnia pertencer ao Grupo Os Mosqueteiros é também e claramente, uma vantagem competitiva.

Por um lado, conta com todo o apoio de uma estrutura organizacional integrada num grupo internacional, presente em Portugal há mais de 26 anos e líder europeu no setor da distribuição. Por outro, cada ponto de venda é gerido autonomamente, pelo seu aderente/dono da loja. Este é, na verdade, um dos principais benefícios da estrutura do Grupo pois residindo o aderente na localidade onde a loja está implantada, há maior proximidade com os clientes e maior sensibilidade para com as necessidades destes mesmos clientes. Por sua vez, esta proximidade permite que sejam equacionadas e desenvolvidas soluções adaptadas às necessidades específicas de cada localidade e, por consequente, o empenho na gestão da loja é, também, maior.

Quais as perspetivas de crescimento da marca para os próximos 12 meses?

Temos um plano ambicioso, não a curto prazo, mas sim a médio. O nosso objetivo é crescer em volume de negócios e em número de centros-auto, para isso precisamos de candidatos a aderentes (empresários), algo em que estamos muito focados. Até 2020 prevemos investir neste sentido e fazer crescer a estrutura em Portugal.

(Visited 151 times, 1 visits today)