Acionista da Phone House quer vender operação portuguesa

Acionista da Phone House quer vender operação portuguesa

O Grupo Dixons Carphone, acionista da Phone House em Portugal, quer vender a operação no país e as negociações já se iniciaram. A notícia é avançada esta quinta-feira (23 de julho) pelo Diário Económico, citando declarações do diretor-geral das lojas Phone House, Nuno Luz.

“As negociações estão a avançar e acredito que nas próximas semanas chegaremos a acordo. Esperamos num futuro muito breve poder anunciar o comprador da empresa”, explica o responsável ao jornal.

O objetivo não é encerrar a atividade no país, mas sim vender a rede e a marca. A estratégia do grupo passa por vender as operações nos países que não sejam de retalho de eletrónica de consumo. “Estes planos são consistentes com o que aconteceu, recentemente, na Alemanha e na Holanda, onde o acionista vendeu as operações que detinha naqueles países”, refere Nuno Luz.

No total, a Phone House conta com 120 lojas de telecomunicações em Portugal, empregando 730 pessoas.