Alain Afflelou quer chegar às 100 lojas com projeto de Intraempreendedorismo

Alain Afflelou quer chegar às 100 lojas com projeto de Intraempreendedorismo

“Funcionando como uma linha de crédito, este novo modelo comercial assenta na criação de uma parceria entre a empresa e o franchisado, na qual a primeira assume a maior fatia de investimento e o segundo pagará posteriormente este investimento com os resultados do seu negócio, tendo desde o primeiro dia uma percentagem no negócio e investindo apenas um capital social mínimo para a constituição da sociedade”, explica a Alain Afflelou.

Nesse sentido, a marca apoia o processo de abertura do negócio, podendo apresentar um local para a loja que beneficie ambas as partes ou estudar a viabilidade da proposta do candidato, ajudando a otimizá-la.

“Para além de financiarmos e apoiarmos na negociação bancária, encarregamo-nos de todo o processo de formação e recrutamento, do plano de investimento e da estratégia de comunicação, e também prestamos apoio na gestão administrativa e jurídica. Disponibilizamos uma equipa de especialistas para trabalhar em que tudo o que é necessário”, explica Frédéric Poux, CEO do Grupo francês.

Este programa já foi implementado em França e Espanha, mercados em que já permitiu abrir 80 lojas. Em Portugal, o objetivo passa por financiar cerca de 50 unidades nos próximos anos, havendo seis já em pipeline. “Temos um plano muito ambicioso para o mercado português e 2017 será um ano de forte investimento. Atualmente temos 28 lojas ativas, mas queremos chegar às 100 num período de três anos.”