Burger King aposta no mercado português

Burger King tem novo diretor de operações e franquias em Portugal

A Burger King anunciou esta segunda-feira (20 de novembro) a nomeação de Jorge Carvalho para o cargo de Diretor de Operações e Franquias em Portugal. O responsável terá, assim, a seu cargo, a expansão do número de restaurantes da marca em Portugal, que em agosto deste ano anunciou um investimento de 100 milhões de euros no mercado português.

Numa nota enviada às redações, a Burger King revela que Jorge Carvalho é Licenciado em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto (FEP) e trabalha com a marca há cerca de 12 anos. Até agora liderou tanto as áreas de marketing, operações e finanças, como a implementação das entregas ao Domicilio, através do franquiado Lurca, do Grupo Ibersol.

“Estamos muito orgulhosos por contar com o Jorge numa operação tão importante para nós. O seu vasto conhecimento do negócio Burger King em toda a Península Ibérica e o seu forte compromisso com a marca impulsionarão o nosso crescimento em Portugal”, defende Borja Hernández de Alba, Diretor Geral da Burger King em Espanha e Portugal.

Já Jorge Carvalho, Diretor de Operações e Franquias da Burger King em Espanha e Portugal, refere que “sinto-me privilegiado por poder liderar o crescimento da Burger King no meu país, Portugal. Depois de 12 anos a trabalhar com a Burger King, poder desempenhar este papel dentro da empresa em que desenvolvi toda a minha atividade profissional é um orgulho. O nosso compromisso em oferecer o melhor serviço e os melhores produtos continuará presente em todas as novas aberturas que faremos em Portugal.”

O novo plano de expansão da marca, que prevê um investimento de 100 milhões de euros, é o maior alguma vez implementado pela marca em Portugal. Atualmente, a Burger King conta com 80 restaurantes no país, mas pretende atingir um total de 180 até 2020.

“Este plano de expansão inclui, juntamente com a abertura dos novos restaurantes da cadeia, a introdução de novos formatos que a Burger King já começou a desenvolver noutros países europeus. A adoção deste novo tipo de restaurantes permitirá a Portugal unir-se aos mercados em que a empresa está a implementar na Europa a sua nova estratégia de abordagem e compromisso com os seus clientes”, conclui a empresa.

(Visited 875 times, 2 visits today)