Como potenciar o negócio dos frangos assados

Segundo o diretor geral, aquilo que diferencia a marca, que conta com uma unidade própria em Espinho, é a sua “receita de qualidade incomparável”. O frango da Espetos d’Avó é assado em equipamentos próprios, exclusivos da marca, e de forma saudável. O resultado é um frango que “não tem nada a ver com o vulgar frango de churrasco”, garante Abel Avó. “Acreditamos que é o melhor frango do mundo. Não é apenas um slogan.”

A Espetos d’Avó tem ainda outra vantagem importante: é um franchising de baixo investimento. Este ronda os 16 500 euros mais IVA, valor que inclui o equipamento, formação, stock inicial e direito de utilização da marca. Concebido para ser instalado em qualquer restaurante ou negócio similar já existente, o conceito exige apenas uma localização com grande afluência de público, de preferência numa localidade com pelo menos 10 mil habitantes. “Desde que estejam preenchidos estes requisitos básicos, analisaremos a possibilidade de implantação do corner”, disse o diretor da Espetos d’Avó, salientando que a marca pretende chegar a todo o país.

Pacote inicial completo

Até ao final do ano é esperada a instalação de quatro a cinco corners da marca, que já estão a ser negociados. “Para 2016, aí sim, teremos objetivos de expansão mais ambiciosos.”

Os futuros franchisados recebem um pacote inicial que inclui o assador, móvel de apoio e outros materiais necessários, bem como formação completa. Após a abertura, a marca continua a prestar apoio permanente, assegura Abel Avó, com visitas periódicas para reciclagem e para garantir o fornecimento de produtos essenciais, como o tempero. Para além do investimento inicial, os franchisados terão de pagar royalties na ordem dos 7%, num mínimo de 250 euros mensais. Por outro lado, não existe taxa de publicidade.

A marca procura empresários da restauração que “queiram duplicar os seus ganhos com um investimento mínimo”. Outras das características preferidas pela Espetos d’Avó é um perfil empreendedor e ambicioso, bem como um estabelecimento bem localizado, que permita a instalação do corner, que ocupa cerca de seis metros quadrados.

De acordo com o diretor geral, o investimento “pode ser perfeitamente amortizado no primeiro ano de atividade”, já que o volume de negócios anual previsto é de 50 mil euros. “Uma unidade média que venda cerca de 20 frangos por dia, quantidade perfeitamente adequada, atinge um volume de negócios anual na casa dos 50 mil euros. Parece-nos excelente, tendo em conta que este conceito corner será sempre um segundo negócio a inserir num estabelecimento já existente.”

A rentabilidade reforçada deste modelo de negócios passa também pela ausência de necessidade de pessoal próprio, ou seja, os franchisados podem trabalhar com o pessoal do seu estabelecimento. “Além disso, o nosso corner não precisa de exaustão. É, de facto, uma excelente oportunidade para qualquer empresário de restauração que queira duplicar os seus ganhos com um investimento mínimo”, disse Abel Avó.

Franchising em fase inicial

Marca_ Espetos d’Avó

Atividade: Restauração

Investimento inicial: €16.500 (mais IVA)

Royalties: 7% (mínimo €250/mês)

Taxa de publicidade: não há

Áreas preferenciais: locais com mais de 10.000 habitantes

Área média de loja: 6m2

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão, subscreva a nossa newsletter aqui