Estúdio de ‘fitness tecnológico’ entra no franchising

Estúdio de ‘fitness tecnológico’ entra no franchising

Chama-se eBody e acaba de anunciar a abertura do seu modelo de negócio ao franchising. Com um ano de existência, o estúdio de ‘fitness tecnológico’ onde se podem fazer treinos de electroestimulação assume que “já está à margem da sua capacidade máxima de sócios” e vai alargar o conceito em regime de franchising.

“Com a abertura do plano de franchising neste mês de setembro, o eBody avança com mais dois espaços até ao final de 2017, estimando a abertura de 15 estúdios até ao início de 2020. O investimento que oscila entre os 76 e os 120 mil euros é aliciante pela rapidez do retorno. A previsão é que mais de 3 mil alunos estejam a praticar o treino eBody nos próximos dois anos”, explica a marca.

A Electroestimulação Muscular (EMS) surgiu na área da Fisioterapia como auxiliar na recuperação física de atletas de alta competição e em 2007 começou a ser adotada pelos estúdios de fitness pelos seus benefícios na estimulação dos músculos daqueles que praticam este tipo de treino.

A eBody prevê ter um total de 15 estúdios em 2020 e cerca de 200 sócios inscritos por cada unidade.

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão, subscreva a nossa newsletter aqui

(Visited 367 times, 1 visits today)