Franchising ainda é um bom negócio

Franchising continua a ser bom negócio

Investir num negócio próprio ou não? Se sim, em que moldes? Que conceito de negócio terá sucesso? Como vou gerir um negócio sem experiência? Estas são todas questões colocadas por empreendedores ‘iniciantes’ antes de se aventurarem num negócio próprio. Se está na mesma situação, saiba porque deve considerar um modelo de negócio em franchising.

  1. Financiamento

Uma das maiores barreiras à abertura de um negócio é a falta de capital ou a dificuldade de acesso a financiamento. O franchising resolve esse problema, uma vez que existem inúmeros conceitos que requerem muito pouco capital de investimento inicial.

  1. Gestores motivados

Outro dos maiores obstáculos ao sucesso de um negócio é a falta de gestores motivados e apaixonados o suficiente para levarem os negócios a bom porto. No franchising este problema raramente se coloca, uma vez que o gestor de uma unidade é muitas vezes também o proprietário e ninguém estará mais motivado para conseguir sucesso do que alguém que teve que colocar capital próprio num negócio.

  1. Redução dos riscos

Devido à natureza do modelo de negócio, o franchising é também uma forma de evitar riscos, uma vez que é um modelo já testado e que permite ao franchisado ter apoio em todas as fases do desenvolvimento do negócio e na própria gestão.

Ainda não está convencido? Nos próximos dias 2 e 3 de junho terá a oportunidade de conhecer de perto vários modelos de negócio em franchising, em mais uma edição da maior feira de franchising do país – a Expofranchise.

Até agora, estão já confirmadas marcas de 18 setores de atividade distintos e os bilhetes podem ser comprados com antecedência, e com desconto, online. Saiba tudo aqui.

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão, subscreva a nossa newsletter aqui