Liderança do Grupo DIA muda de mãos

Grupo DIA regista vendas de 7 734 M€ entre janeiro e setembro

O Grupo DIA terminou os três primeiros trimestres do ano com vendas brutas sob insígnia de 7 734 milhões de euros, um crescimento de 1,5% face ao período homólogo. Em comunicado, a empresa revela que no mercado português as vendas brutas sob insígnia atingiram um total de 640,5 milhões de euros, 8,3% do total do negócio da companhia.

“O Grupo DIA mantém a sua aposta na digitalização transversal de todos os processos, desde a logística, passando pelas lojas e a gestão de recursos humanos, sempre com o foco no cliente. Em Espanha, no final de setembro, o Grupo DIA estava presente em 33 províncias com comércio online sob as insígnias DIA, com Clarel e Oportunidades DIA em toda a Espanha e com Amazon Prime Now em Madrid e Barcelona. As vendas do canal online em Espanha ascenderam a 40,2 milhões de euros nos nove primeiros meses do ano de 2017, multiplicando por 2,9 vezes o valor registado no mesmo período do ano passado”, explica a empresa em comunicado.

No mercado espanhol, as vendas brutas sob insígnia caíram 4% para um total de 4 288 milhões, uma quebra que a companhia justiça com “o ajuste do parque de lojas e os encerramentos temporários para remodelações”. De acordo com o Grupo Dia, nos primeiros nove meses do ano, foram remodelados 500 estabelecimentos DIA Market, DIA Maxi e La Plaza de Dia com um investimento de cerca de 75 milhões de uros.

“Continuamos focados no desenvolvimento da nossa estratégia de colocar o cliente no centro de tudo o que fazemos. A menor inflação em todos os mercados onde operamos, juntamente com alterações significativas no ambiente competitivo em Espanha nos últimos meses, diminuíram o nosso ritmo de crescimento de vendas no terceiro trimestre. Não vamos renunciar ao nosso compromisso de oferecer aos nossos clientes os melhores preços do mercado. Acreditamos que esta é a forma correta de fazer as coisas e que isso nos ajudará a alcançar os nossos objetivos a longo prazo. No mercado ibérico, acelerámos o processo de transformação de lojas, colocando à disposição dos clientes uma experiência de compra melhorada, para além de novos serviços. Tudo isso, juntamente com um significativo investimento em preços, ressalva o nosso compromisso de voltarmos a ter vendas comparáveis positivas no mercado ibérico no quarto trimestre de 2017, algo que já estamos a verificar nas primeiras três semanas de outubro. Na América Latina, continuamos com destacados níveis de satisfação junto dos clientes, cumprindo a nossa promessa de crescimento rentável, apesar da desaceleração registada de vendas devido à menor inflação registada”, sublinha Ricardo Currás, conselheiro delegado do Grupo DIA.

Em Portugal, foram remodeladas 62 lojas: 39 Minipreço Family e 23 Minipreço Market.

(Visited 156 times, 1 visits today)