Liderança do Grupo DIA muda de mãos

Liderança do Grupo DIA muda de mãos

Antonio Coto é o novo Conselheiro Delegado do Grupo DIA, substituindo Ricardo Currás, que esteve durante 32 anos ligado à empresa. A decisão já foi comunicada ao órgão regulador, de acordo com a empresa que detém a insígnia Minipreço.

Numa nota enviada às redações, o Grupo DIA explica que “a empresa atravessa um intenso processo de transformação, no decurso do qual se produziram várias operações corporativas com importantes aquisições e remodelações de lojas, o desenvolvimento do e-commerce, um ambicioso plano de transformação digital e a implementação de novos modelos comerciais.”

Antonio Coto, quadro superior da companhia há mais de 30 anos, terá agora a responsabilidade de liderar o Grupo DIA a nível global.

Antonio Coto, Conselheiro Delegado do Grupo DIA

Ana María Llopis, presidente do Conselho de Administração do Grupo DIA, refere que “quero dar as boas vindas, como novo Conselheiro Delegado do Grupo DIA, a Antonio Coto, que conheço há mais de oito anos e a quem valorizo como profissional altamente qualificado neste sector. Tenho enorme confiança na sua experiência e sei que levará a bom porto a nova estratégia para os desafios que temos pela frente. Antonio, para além da sua enorme experiência comercial na DIA, alia uma forte capacidade financeira e internacional, fazendo crescer o negócio na Argentina e no Brasil, que continuam a ser mercados de elevado potencial de crescimento. Acresce ainda a sua capacidade de manter um foco no cliente como peça fundamental do êxito da sua gestão nestes territórios.”

A responsável refere-se ainda a Ricardo Currás sublinhando que “graças ao seu contributo, a DIA converteu-se no que é hoje: uma empresa de distribuição líder no segmento da proximidade e preços baixos, com mais de 65 000 colaboradores dos quais 42 0000 são colaboradores diretos e os restantes indiretos através dos mais de 3 000 empreendedores que dirigem as nossas franquias (…) Desde que começámos a trabalhar juntos, em 2011, com a entrada em bolsa, Ricardo demonstrou um grande conhecimento do sector, paixão e entusiasmo por fazer crescer a companhia, demonstrando uma forte liderança das equipas do grupo. Durante este período, realizaram-se importantes aquisições, como El Árbol e Schlecker, com a sua posterior transformação nas lojas Clarel, finalizando a sua integração na organização. Foram também lançadas novas linhas, como Bonté e Delicious, assim como novos formatos, como La Plaza de Dia e o negócio da DIA online, criando emprego e formando profissionais de primeira linha.”

(Visited 162 times, 1 visits today)