Melom e Querido Mudei a Casa fecham 2016 com faturação de 18 M€

Melom e Querido Mudei a Casa fecham 2016 com faturação de 18 M€

A Melom e a Querido Mudei a Casa Obras terminaram o ano de 2016 com uma faturação de 18 milhões de euros, o que corresponde a um crescimento de 53% face ao período homólogo.

Numa nota enviada às redações, as marcas revelam que “estes indicadores refletem um aumento significativo dos pedidos de orçamento (+67%), mas, sobretudo, o aumento do valor médio das obras. Em 2016, o valor médio das intervenções foi de, aproximadamente, 7000 euros, enquanto que em 2015 o valor se situou nos 4000 euros.”

Em 2016,a maioria das obras realizadas pelas marcas foi remodelações gerais, pinturas, bricolage e instalações, sobretudo, na zona Sul, que representa 60% da atividade da empresa.

Este crescimento na faturação foi também acompanhado pela criação de 59 novas unidades operacionais – 24 da Melom e 35 da Querido Mudei a Casa Obras – que criaram um total de 142 novos postos de trabalho especializado.

De acordo com João Carvalho, Diretor-Geral da Melom, “verifica-se uma tendência para uma maior profissionalização do setor de obras residenciais e a Melom quer estar na vanguarda deste movimento, através do investimento em formação, da tecnologia e da construção de uma imagem credível para os profissionais do setor. O ritmo de crescimento que as nossas marcas têm registado nos últimos anos demonstra que estamos no caminho certo.”

Atualmente, as duas insígnias contam com 159 unidades ativas em território nacional.