Melom e Querido Mudei a Casa fecham primeiro trimestre com volume de negócios de 5,5 milhões de euros

Melom e Querido Mudei a Casa Obras fecham primeiro trimestre com volume de negócios de 5,6 M€

A Melom e a Querido Mudei a Casa Obras registaram um crescimento de 71% nos primeiros três meses deste ano, atingindo um volume de negócios de 5,6 milhões de euros. Em comunicado, as marcas que operam em regime de franchising nas áreas das obras e remodelações, referem que a carteira orçamentada neste trimestre atingiu os 31,9 milhões de euros.

O valor médio por obra adjudicada, por sua vez, atingiu os 12 325 euros. De acordo com a empresa, este aumento no volume de negócios e no valor da obra adjudicada foi acompanhado pela entrada de 27 novas unidades na rede – sete da Melom e 20 da Querido Mudei a Casa Obras.

Lisboa, Viseu, Sintra, Cascais e Porto são as áreas geográficas que lideram a procura nas obras residenciais, mantendo-se a remodelação geral como a principal obra realizada, seguida de remodelações parciais em casas de banho e cozinhas.

Para João Carvalho, Diretor-Geral da Melom, “o crescimento da nossa rede reflete o dinamismo e potencial que existe no mercado de reabilitação e remodelação de imóveis em Portugal. Para mantermos a qualidade de entrega, estamos já a reforçar a nossa equipa de expansão, que é responsável pelo recrutamento de novas unidades. Desta forma, iremos continuar a nossa missão de profissionalização do setor”.

Atualmente, as duas insígnias têm 186 unidades de negócio ativas em Portugal.