Melom e Querido Mudei a Casa Obras registam aumento de 56% na faturação em 2017

Melom e Querido Mudei a Casa Obras registam aumento de 56% na faturação em 2017

As redes Melom e Querido Mudei a Casa Obras, marcas especializadas na remodelação de imóveis que operam em regime de franchising, registaram um aumento de 56% na faturação em 2017, terminando com um volume de negócios de 27,7 milhões de euros.

Em 2017, a Melom (15) e a Querido Mudei a Casa Obras (36) abriram um total de 51 novas unidades, elevando o portefólio da rede para um total de 200 unidades distribuídas por todo o país.

De acordo com a rede, o valor médio de obra triplicou em remodelações gerais, atingindo os 24 033 euros em obras de maior dimensão. Para além disso, em termos geográficos, a faturação registou um aumento de 72,2% em intervenções realizadas no norte do país, a par da liderança do sul em valor de faturação, 15 619 euros em 2017.

João Carvalho, diretor-geral da Melom, refere que “vivemos um período de franca aposta na reabilitação de imóveis, quer do ponto de vista técnico, quer estético, assistindo-se a uma preocupação cada vez mais acentuada com o conforto e segurança dos imóveis, a par do valor emocional e a forma como as pessoas estão a viver e a aproveitar mais as suas casas. A remodelação é uma aposta segura quando realizada recorrendo a serviços especializados e o nosso crescimento vem mostrar que Portugal está cada vez mais confiante nessa resposta para o melhoramento dos seus imóveis

(Visited 143 times, 1 visits today)