qual o perfil de um bom franchisado

Tem mesmo perfil de franchisado?

Se nunca teve um negócio, mas sempre sonhou ser o seu próprio patrão é possível que acredite que iniciar-se com um modelo de negócio já testado pode ser a sua melhor aposta. Contudo, nem todas as pessoas têm perfil de franchisado. Explicamos-lhe porquê.

De acordo com a revista elitefranchise, se não tiver ‘perfil de franchisado’, nem a melhor marca ou modelo de negócio funcionarão para si.

Em primeiro lugar, é importante que entenda que gerir um negócio bem-sucedido implica dedicação, muitas horas de trabalho, foco e elevados níveis de motivação. Por outro lado, existem características pessoais que podem ser essenciais para lançar um negócio.

“Se é introvertido por natureza, pergunte-se a si próprio se será capaz de gerir essa questão de forma a conseguir fazer networking, procurar novas oportunidades de negócio e gerir futuros colaboradores”, refere a publicação. Segundo a revista, as pessoas mais confiantes são muitas vezes aquelas que dão melhores franchisados. Por outro lado, aquelas mais arrogantes e com um perfil excessivamente confiante podem ter tendência a estar constantemente a questionar o sistema e, por isso, podem não ser bons franchisados, já que existem sempre regras a seguir.

Para além, disso, é importante que tenha o apoio da sua família e amigos, já que numa fase inicial do seu negócio é possível que deixe de ter tempo para se dedicar a coisas para as quais estava habituado a ter tempo. Sim, ser patrão de si próprio significa também que terá que abdicar de muita coisa, mesmo com o apoio de uma rede de franchising.

Por fim, a estabilidade financeira é outro dos pontos cruciais, por um lado para investir no início do negócio e, por outro, para ter uma ‘almofada financeira’ caso algo não corra de acordo com o planeado.