O que fazer quando a performance dos seus franchisados fica aquém

O que fazer quando a performance dos seus franchisados fica aquém

Qualquer bom franchisador presta apoio à sua rede, não só com formação, mas também aconselhamento sempre que necessário. Contudo, existem momentos em que, por mais que dedique tempo, dinheiro ou formação, uma franquia fica aquém das expetativas e das metas pré-estabelecidas. De acordo com a revista Elite Franchise, é importante que preste atenção a estes franchisados, já que uma franquia com uma má performance pode prejudicar a marca.

Nestes casos, uma das primeiras coisas que deve fazer é identificar as causas dessa má performance. “Infelizmente, os franchisadores tendem a passar mais tempo a apagar fogos atrás de fogos sem parar para pensar acerca da raiz que pode estar a causar tantos problemas”, refere a revista.

Uma das coisas que pode ajudar a perceber o que pode estar a falhar é analisar as notas que tirou durante o recrutamento de um franchisado. Certamente terá informações acerca das suas fraquezas e, assim, conseguirá identificar que áreas podem beneficiar de mais apoio.

Por outro lado, é importante que tenha em conta que em muitos dos casos uma má performance não tem nada a ver com a formação ou apoio prestado. Segundo a Elite Franchise, por detrás podem estar problemas de saúde ou emocionais que estejam a afetar o entusiamo ou o foco do franchisado. “Esses franchisados precisam de apoio e de uma injeção de motivação. É por isso que ter um fórum onde os franchisados se podem apoiar uns aos outros é tão valioso”.

“Focar-se na melhoria dos seus processos de formação e comunicação existentes ao mesmo tempo que tenta perceber as razões por detrás da má performance de um franchisado, não irá apenas ajudá-los, mas também irá demonstrar a toda a sua rede quais são os seus valores. Ao ser prestável, irá mostrar a todos os seus franchisados que está dedicado ao seu sucesso e bem-estar, assim como ao negócio no todo”, conclui.