Seniores apostam no franchising para se manterem na vida ativa

Seniores apostam no franchising para se manterem na vida ativa

O ecossistema das startups é altamente dominado por jovens, mas ao contrário da crença comum, ser um empreendedor já não é apenas para os mais novos. De acordo com a publicação elitefranchise, na última década, o Reino Unido assistiu a uma revolução no empreendedorismo.

Segundo um estudo do Barclays, na última década, os novos negócios fundados por pessoas com mais de 65 anos aumentaram 140% só no Reino Unido. E com a idade da reforma a aumentar cada vez mais, é expectável que este boom continue.

Mike Cherry, national chairman da Federation of Small Businesses, explica que “esta nova faixa de empreendedores desempenhará um papel essencial na economia do Reino Unido. E para as redes de franchising esta pode ser uma ótima notícia.

Matthew Levington, co-fundador da Business Doctors, empresa de consultoria britânica, o facto de os baby boomers estarem a apostar em negócios próprios não é uma surpresa. “Muitos deles atingiram um ponto nas suas vidas em que sentem que já não estão dispostos a comprometer as suas crenças e valores. Estão fartos das políticas das empresas, dos ‘jogos’ de escritório e de fazer o que é esperado. Chegaram a uma etapa em que perceberam que a única forma de fazer as coisas à sua maneira é ter o seu próprio negócio.”

E mais importante ainda: estas pessoas, ao contrário dos millennials, têm maior segurança financeira para poderem investir num negócio próprio. “Têm mais rendimentos disponíveis e menos coisas a perder. Já pagaram as hipotecas, os seus filhos estão crescidos e têm, no geral, maior segurança financeira”, acrescenta Stewart Butler, managing director da World Options, empresa de logística que opera em franchising.