Sign-A-Rama preparada para o franchising

Criada nos EUA há 24 anos, esta empresa de sinalética e impressão digital entrou em Portugal em 2009 e perspectiva abrir nove ou dez lojas até 2013, prioritariamente na zona da grande Lisboa.

Hoje, a Sign-A-Rama conta com mais de 200 colaboradores e 900 lojas por todo o mundo e tem “uma posição de liderança no sector e uma liderança indiscutível no mundo do franchising. De há cerca de uma década para cá, temos sido considerados pela Entrepeneur Magazine como a melhor empresa do sector”, afirmam Carlos e José Graça Lopes, master para Portugal.
A Sign-A-Rama assenta no conceito one stop shop, procurando “estar próxima das empresas e que muitas vezes não sabem onde recorrer para ter acesso ao tipo de serviços que prestamos”.
Crescimento responsável
Em Fevereiro de 2009 foi iniciado o projecto com a abertura de uma loja piloto em Lisboa e, apesar da conjuntura económica, a empresa entrou em 2010 com um crescimento de dois dígitos. Para preparar a empresa para o franchising, procederam-se às respectivas adaptações e preparação, a nível legal, marketing e vendas e de suporte. “Hoje, a marca já tem uma equipa preparada para responder às necessidades dos nossos futuros franchisados”.
Os objectivos de expansão passam por um “crescimento sustentado e responsável”, que perspectiva a abertura de nove ou dez lojas até 2013, prioritariamente na zona da grande Lisboa. A marca conta captar parceiros de negócio através, sobretudo, de feiras de franchising e Internet/imprensa escrita especializada na área do franchising.
Investimento avultado
O investimento inicial oscila entre € 98 500 e €127 500, com várias soluções disponíveis, e contempla o direito de entrada, de €37 500, e equipamentos, montagem da loja e formação, com valores entre 61 mil e 90 mil euros.
Numa fase inicial, o apoio do master estende-se da procura de financiamento e de espaços à abertura da loja, excluindo as obras de remodelação, de acordo com o conceito em vigor de turn-key project. “O franchisado está presente para prestar o apoio necessário, mas recebe a loja completamente pronta”, explicam Carlos e José Graça Lopes.
O apoio futuro à rede começa com formação específica na Flórida, EUA, durante 15 dias, seguida de formação específica com vista ao desenvolvimento do negócio. O franchisado conta ainda com apoio e suporte local, nacional e internacional, tendo para isso várias ferramentas e pessoas ao seu dispor.