Vendas do Grupo DIA crescem 12% no primeiro semestre

Vendas do Grupo DIA crescem 12% no primeiro semestre

O Grupo DIA alcançou no primeiro semestre deste ano um total de vendas brutas sob insígnia de 5,038 milhões de euros, um aumento de 12% face ao período homólogo. De acordo com a empresa, este crescimento deve-se, sobretudo, “à melhoria contínua da oferta comercial nas 10 insígnias que a companhia detém” e a “um investimento continuado nos preços”.

No que diz respeito ao mercado ibérico, as vendas brutas sob insígnia do grupo cresceram 3,4% para os 3,342 milhões de euros, com um aumento em Espanha de 3,7% para os 2 940 milhões de euros. Em Portugal, as vendas chegaram aos 402,5 milhões de euros, mais 0,7% do que em igual período em 2015. Na Argentina, Brasil e China a subida foi de 26,7% em moeda local para os 1,696 milhões de euros.

“No segundo trimestre de 2016, registámos uma aceleração das vendas em todos os mercados, com vendas comparáveis positivas em todos os países tanto no segundo trimestre, como na primeira metade do ano, apesar das difíceis condições existentes para o negócio. Os planos de melhoria da proposta comercial, combinados com um significativo investimento nos preços num ambiente exigente, estão a produzir resultados. O cash flow na primeira metade do ano foi forte e mantém-se em linha para a prossecução do nosso ambicioso objetivo de cash flow de operações estabelecido para o período 2016-2018”, explica Ricardo Currás, conselheiro delegado do Grupo DIA.

O resultado líquido ajustado do grupo nos primeiros seis meses do ano atingiu, assim, os 96,2 milhões de euros, menos 7,3 pontos percentuais em moeda local do que no período homólogo. No final de junho, o Grupo DIA contava já com um total de 7762 lojas nos cinco mercados onde opera.

 

Para mais informações sobre o franchising do Minipreço, consulte a ficha da marca.