4ª edição do Lisbon Challenge quer desenvolver startups de potencial global

A Beta-i vai arrancar com o Lisbon Challenge Spring’15, um dos maiores programas de aceleração para startups na Europa, já no próximo dia 30 de março. Ao todo, são 22 startups, selecionadas entre mais de duas centenas, que vêm de nove países e três continentes diferentes, e vão ficar em Lisboa durante três meses para desenvolverem as suas estratégias de crescimento acelerado, focarem-se no desenvolvimento de um produto que os clientes adorem, encontrarem um modelo de negócio sustentável e replicável e para levantar financiamento de capital de risco junto de investidores nacionais e internacionais.

“Startups unicórnios (startups que valem mil milhões de dólares) como a Farfetch, ou casos como a Feedzai, TalkDesk, Unbabel e Uniplaces, mostram-nos que Portugal é cada vez mais um hub para startups globais”, explica a Beta-i em comunicado.

Neste programa de aceleração, que concentra em três meses aquilo que uma startup poderia demorar anos a fazer, o objetivo é ajudar as startups a perceber muito mais rapidamente se o seu projeto tem hipótese de ter sucesso ou não.

 As equipas vão conhecer alguns dos maiores investidores e empreendedores do mundo e participar em mais de mil horas em sessões de assessoria e workshops. Os mentores incluem gestores de empresas como Google, Accenture, Microsoft e Teleperfomance e de instituições como Turismo de Portugal e IEFP, Caixa Capital, Connect Ventures, Point Nine Capital, ACCEL Partners e Faber Ventures.

Pedro Rocha Vieira, Presidente da Beta-i, explica que “é fantástico ver o salto em termos de empreendedorismo que se conseguiu desde a primeira edição do Lisbon Challenge, em 2013. Neste momento, já temos mais startups internacionais a participar no programa do que portuguesas. Temos empreendedores e investidores mundiais que, depois de conhecerem o ecossistema português resolvem mudar-se para Lisboa e startups portuguesas que valem mil milhões de dólares. Há uns anos, isto seria impensável, mas, neste momento, estamos extremamente satisfeitos por ver que o Lisbon Challenge é já conhecido internacionalmente como um dos maiores – e melhores – aceleradores na Europa, e que Lisboa está na rota do empreendedorismo mundial.”

(Visited 77 times, 1 visits today)