74% dos empresários acima dos 55% anos investem por oportunidade

Cerca de 74% dos empresários acima dos 55% investem num negócio por oportunidade e não por necessidade, segundo o Global Entrepreneurship Monitor. De acordo com o site brasileiro administradores, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística revelou que no Brasil, mais de 4,5 milhões de idosos estão no ativo no mercado de trabalho.

Lucien Newton, especialista em franquias e diretor da Anewton Franchising, refere ao site que os profissionais da terceira idade ainda têm muito a contribuir no meio empresarial com a experiência adquirida ao longo da vida.

No franchising, a idade, diz o profissional, resulta em “empresários mais conscientes das suas obrigações com o negócio, o que resulta em franquias mais sólidas, com maiores hipóteses de sucesso.”

“O empreendedor da terceira idade, em geral, investe com o foco na realização pessoal. Entende que passou uma vida inteira a idealizar um sonho e a economizar para realizá-lo e que é altura de coloca-lo em prática. De acordo com o Sebrae, 36% dos empresários com idade entre 55 e 64 anos investem em negócios de alojamento, retalho, mercado imobiliário e alimentação. Apesar de ser uma fase madura da vida, o gosto não pode ser o único fator na escolha por uma franquia. No franchising, a escolha de uma marca para operar exige muita pesquisa, planeamento, identificação de perfil, entre outros fatores indispensáveis”, defende.

Os franchisadores, por outro lado, também veem com bons olhos os empresários mais velhos. “A maturidade e a sabedoria desse profissional são complementadas pelo menor risco de fracasso de uma franquia, que é um modelo testado e aprovado pelo mercado, se comparado com um negócio iniciado do zero. Outro ponto positivo é a facilidade desses profissionais na gestão de pessoas no ponto de venda”, explica Lucien Newton.