85% das empresas nacionais não cumpre prazos de pagamento

85% das empresas nacionais não cumpre prazos de pagamento

Apenas 15 em cada 100 empresas nacionais cumprem os prazos de pagamento acordados com os seus fornecedores. A conclusão é do estudo ‘Como pagam as empresas em Portugal’, da Informa D&B, e mostra que este é o pior registo da última década, com cada vez mais empresas portuguesas a falharem os seus prazos de pagamento (85%).
Segundo os dados, dois terços das empresas em Portugal pagam com um atraso até 30 dias. 19% pagam com atrasos superiores a 30 dias. A Informa D&B explica que “o atraso nos pagamentos das empresas portuguesas é um fenómeno comum a todos os setores de atividade, dimensão de empresas e regiões do país, apesar de em 2013 ter sido transposta para a legislação nacional uma diretiva europeia com o objetivo de proteger as empresas, em especial as PME, contra os atrasos sistemáticos nos pagamentos nas transações comerciais.”
O ‘Payment Study 2018′ elaborado pela CRIBIS D&B (colaboração da Informa D&B para Portugal) e que compara o comportamento de pagamentos em 32 países, 24 da Europa e 12 do resto do mundo, diz ainda que Portugal é o país com o pior registo, abaixo de Israel, com apenas 17,4% de empresas cumpridoras dos prazos de pagamento, Bulgária, com 22,7%, e China, com 27,1%.”
A lista dos países com mais empresas a pagar dentro dos prazos é liderada pela Dinamarca (88,4%), Polónia (75,5%), e Rússia (70,9%).