Algarve cria rede de apoio ao empreendedorismo

O Algarve conta agora com a Rede Regional de Apoio ao Desenvolvimento Económico e Social, uma rede de apoio ao empreendedorismo e à criação de emprego na região. Com 38 parceiros institucionais e associativos, a rede foi formalizada esta semana.

“O grande objetivo é criar emprego”, disse à Lusa o presidente da Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL), Jorge Botelho. “Não estamos inibidos de fazer candidaturas diretamente às instituições europeias, o que é uma alavanca suplementar” aos apoios regionalizados.

De acordo com a agência Lusa, o Programa Operacional Regional CRESC Algarve terá uma verba de 319 milhões de euros, metade dos quais são para atribuir no âmbito do sistema de incentivos a empresas.

O plano de ação da nova rede pretende criar emprego e valorizar o emprego existente, colocando “a tónica na inovação e no empreendedorismo”.