Beta-i e Câmara da Azambuja lançam acelerador de logística

A Beta-i está a conceber, em conjunto com a Câmara Municipal de Azambuja, um acelerador para startups de Logística. O Logistics Accelerator (LogA), integrado na estratégia do concelho para promover o empreendedorismo e a inovação, pretende atrair startups nacionais e internacionais que se foquem em resolver problemas e desafios das empresas de logística, sediadas na região.

Este é o primeiro acelerador de logística em Portugal e do Sul da Europa e “poderá ter um impacto significativo na renovação das empresas de logística assim como na atração de mais jovens para o concelho”, defende a Beta-i em comunicado.

Lançado pela Câmara Municipal de Azambuja, em conjunto com várias empresas de logística da região e com o apoio da Beta-i, irá abrir as candidaturas em setembro, apoiando dez empresas de cada vez durante um mês e meio por edição.

Pedro Rocha Vieira, Presidente da Beta-i, explica que “a Beta-i conta já com a gestão de mais de 30 aceleradores de startups na sua história. Utilizamos este conhecimento acumulado para ajudar a Câmara Municipal de Azambuja a desenhar este programa que vem trazer inovação e competitividade à região. Trata-se de um dois em um: por um lado, ajuda os empreendedores a concretizar as suas ideias de negócio e coloca-as em contacto com possíveis empresas parceiras e clientes. Por outro, é a forma de ajudar as empresas da região a responder de forma inovadora a problemas que possam ter.”

O Presidente do Município, Luís de Sousa, refere por sua vez que “o LogA insere-se no programa de inovação que estamos a implementar para os próximos três anos no concelho da Azambuja ‘Construir o Futuro em torno da inovação’. Este programa piloto vem dotar o município com uma estrutura que esteja focada em contribuir para o progresso das empresas do concelho, beneficiando com isso a população residente. Em Azambuja, pretendemos que a inovação seja o motor de crescimento e prosperidade, apostando em favorecer e ajudar no apoio às atividades de investigação, desenvolvimento e inovação.”

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão, subscreva a nossa newsletter aqui