Brasil: Franchising de farmácia de manipulação quer 30 unidades até ao final do ano

Foi criada no Brasil uma marca de farmácia de manipulação que opera em regime de franchising, a Phitofarma. Com 18 lojas em diversos estados brasileiros, a meta da marca é chegar às 30 unidades até ao final de 2014 e às 300 em 2015.

As farmácias de manipulação preparam os medicamentos para os pacientes mediante receita médica e modificam as dosagens consoante as necessidades dos pacientes. Ao Pequenas Empresas & Grandes Negócios, Roger Marcondes, fundador da Phitofarma, refere que “entendíamos que tínhamos um negócio extremamente importante e lucrativo e havia um desejo de expandir para locais que não fossem as grandes capitais”. A escolha pelo regime de franchising para expandir a marca deve-se àquilo que o empreendedor considera ser “um processo seguro”.

Atualmente, a Phitofarma procura novos franchisados em centros urbanos e em cidades pequenas e médias. O investimento inicial numa unidade varia entre 30 mil euros e 45 mil euros.