Credores aprovam plano de recuperação da Throttleman e da Red Oak

Os planos de recuperação da Throttleman e da Red Oak foram aprovados pelos credores, cabendo agora à administração das marcas aplicá-los.

Luís Gomes, administrador da insolvência, disse à Lusa que os planos de recuperação das empresas vão ser entregues pelo responsável no Tribunal de Santo Tirso até ao final desta semana.

De acordo com o administrador, “estando (os planos de recuperação) homologados, depois é cumpri-los”, continuando a gestão a caber aos acionistas da Trottleman e da Red Oak.

Controladas pelos mesmos acionistas, as marcas de vestuário Throttleman e Red Oak apresentaram em tribunal um pedido de Processo Especial de Revitalização (PER) na tentativa de evitar a falência.

Em finais do ano passado, a marca anunciou a entrada em Angola, com a abertura de uma loja em Luanda, tendo então a Hozar anunciado um plano de internacionalização para Angola que prevê a abertura de 10 lojas nos próximos dois anos.

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão, subscreva a nossa newsletter aqui