Empreendedoras criam escola de costura e malha

A costura e a malha vão voltar a estar na moda. Pelo menos é o que acreditam as empreendedoras Sofia Craveiro e Maria João Albuquerque, que acabam de abrir a escola Companhia das Agulhas, em Lisboa.

“Os tempos mudaram mas felizmente o interesse pelo que se fazia antigamente regressou e com isso tem crescido a vontade de muitos que procuram aprender estas artes”, defendem as empreendedoras em comunicado.

Mães, jovens e sentindo-se pouco realizadas na sua área profissional, as novas empresárias decidiram investir num negócio que fosse ao encontro do que mais gostam de fazer. A escola disponibiliza cursos, workshops e até aulas livres de corte, costura e modelagem, bordados, tricot, crochet, design de moda, drapping, patchwork e costura criativa.

“É possível inscrever-se num mês e durante o mesmo aprender várias destas artes. Há aulas para todos os níveis e a escola dispõe de todo o equipamento para passarem da teoria à prática, assim como também pode disponibilizar o material que venha a ser necessário. Está também previsto uma vez por mês existirem aulas com opções para pais e filhos, incluindo as crianças numa atividade em família”, refere a Companhia das Agulhas em comunicado.

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão, subscreva a nossa newsletter aqui