Empreendedoras criam negócio para a mulher negra

Prapreta é o nome do site de e-commerce dedicado a mulheres negras.

Alana e Carolina são as brasileiras que decidiram investir neste modelo de negócio, que acreditam ser promissor por se dirigir a um nicho de mercado que tem dificuldades em encontrar produtos específicos para mulheres negras, que este novo site oferece.

Depois de um investimento de 15 mil reais, o site já está criado e disponibiliza linhas completas de produtos para cabelos encrespados, volumosos e lisos.  “Participámos num workshop dado a cabeleireiras, dentro das marcas, para saber orientar a nossa consumidora”, revelam as empresárias à revista brasileira Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

Uma das estratégias usadas para chegar mais depressa ao público foi uma divulgação prévia nas redes sociais. Para isso, as jovens criaram uma página de fãs da marca no Facebook em que divulgavam conteúdo relacionado ao universo da mulher negra.

Para além disso, pensaram ainda em cores e estampados para desenvolver uma identidade visual alinhada com o tema. O próximo passo da dupla é agora encontrar um representante de maquilhagem que ofereça produtos para este perfil de consumidora.

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão, subscreva a nossa newsletter aqui

(Visited 19 times, 1 visits today)