Ervideira abre wine shop em franchising

A Ervideira prepara-se para inaugurar a sua quarta wine shop, desta feita em Albufeira e a primeira em regime de franchising. Para além da venda de vinhos, o novo espaço pretende, à semelhança das lojas de Évora e de Monsaraz, “aproximar a marca Ervideira ao turismo, representando um importante passo na promoção e divulgação dos vinhos produzidos na herdade, funcionando como Embaixada da marca.”

A loja de Albufeira conta com 100 metros quadrados, dos quais 50 metros quadrados são de espaço de loja e os restantes servirão de armazém. Ricardo Furão, responsável pela unidade, estima faturar 80 000 euros até ao final do ano.

A expansão em franchising já estava prevista desde 2014, mas só agora avançou. “Este modelo destina-se a pessoas que queiram ter o seu próprio negócio. Falamos de pessoas interessadas, que apreciem o mundo dos vinhos, e que vejam nesta possibilidade uma excelente oportunidade para, com pouco investimento, gerar um rendimento bastante aceitável”, explica Duarte Leal da Costa, diretor executivo da Ervideira.

“Os custos são relativamente baixos e de início, porque queremos que quem connosco abraçar este projeto se sinta verdadeiramente satisfeito, não iremos cobrar fee de entrada ou Royalties, ou mesmo fee de publicidade”, explica. “Gostaríamos de arrancar ainda em Sintra, Lisboa, Óbidos, Porto, Lagos, Portimão, Albufeira, Funchal, entre outros.”

Esta é a quarta loja da Ervideira, todas localizadas em pontos turísticos. “A primeira na nossa adega (junto a Reguengos de Monsaraz), virada para o Enoturismo, a segunda em Évora em que a prova é numa antiga capela da Família, a terceira, em Monsaraz, na antiga Escola Pública e por isso num edifício cheio de história, também ela virada para o turista, e agora esta quarta, em Albufeira, a primeira fora do Alentejo mas mantendo o objetivo de estar em pontos com elevado fluxo turístico”, explica Duarte Leal da Costa.

Além da compra, os visitantes podem provar todos os vinhos produzidos pela Ervideira, conhecer as castas existentes na propriedade e as que fazem parte de cada um dos vinhos, processos de vinificação, aprofundar o conhecimento nesta área e ainda marcar uma visita à adega.

As Ervideira Wine Shops registaram uma faturação de cerca de 46 000 euros nos primeiros três meses de 2015, valor que se elevou para 110 000 euros no final do semestre. Para o segundo semestre, a empresa prevê uma faturação de 250 000 euros, o que representa um aumento de 50% face ao período homólogo, e o lançamento de uma loja online.

Gostou deste artigo?

Se pretende ler mais artigos sobre franchising, empreendedorismo e gestão, subscreva a nossa newsletter aqui