Facebook cria laboratório para empreendedores numa favela

O Facebook criou um laboratório com 15 computadores numa favela brasileira. O objetivo é ensinar os moradores a usar a rede social, sobretudo, para promoverem os seus negócios.

Em Heliópolis, a favela onde foi criado o laboratório de empreendedorismo do Facebook, 90% dos moradores têm um perfil pessoal no Facebook que utilizam através dos seus computadores ou smartphones ou através de programas de apoio à comunidade local.

O laboratório poderá ser usado por qualquer pessoa e os cursos de formação são gratuitos e serão dados por seis elementos da comunidade.

“Estamos muito contentes em entregar o espaço para a comunidade de Heliópolis. Este é o pontapé inicial para colocarmos em prática o nosso projeto de capacitação nas comunidades brasileiras. A partir da experiência que tivermos na região, a nossa intenção é estimular o empreendedorismo em outras localidades no Brasil”, explicou à revista Exame, Patrick Hruby, diretor geral para Micro e Pequenas Empresas do Facebook para a América Latina.